Mercado Radar

A Mercado Radar faz os vendedores do Mercado Livre venderem mais. A startup cresceu 427% de 2020 para 2021 e movimentou R$ 600 milhões em vendas de clientes. Com a rodada, a Mercado Radar pretende expandir para outros marketplaces como Magalu, Americanas, Shopee e Amazon. Com um modelo SaaS, aumenta o poder de decisão dos varejistas através de análise de mercado, recomendações e automação, que até então, eram acessíveis somente para grandes empresas.

Retailtech
Resumo

Resumo da empresa

A Mercado Radar faz os vendedores do Mercado Livre venderem mais. A startup cresceu 427% de 2020 para 2021 e movimentou R$ 600 milhões em vendas de clientes. Com a rodada, a Mercado Radar pretende expandir para outros marketplaces como Magalu, Americanas, Shopee e Amazon. Com um modelo SaaS, aumenta o poder de decisão dos varejistas através de análise de mercado, recomendações e automação, que até então, eram acessíveis somente para grandes empresas.

Pitch completo da empresa

RESUMO DA OFERTA

Dados são o novo petróleo. E a Mercado Radar está posicionada para obter, tratar e entregar dados de grande valor para os vendedores de marketplaces – como faz, inicialmente, no Mercado Livre. Os assinantes da solução transacionaram mais de R$ 600 milhões apenas em 2021, o que dá dimensão do poder da tecnologia oferecida. Com o apetite voraz dos players do varejo nacional por startups nos últimos anos, Magalu, B2W e Mercado Livre são potenciais interessados em realizar um M&A com o Mercado Radar para trazer um produto desenvolvido e pronto, direcionado aos vendedores, nos próximos anos.

A Mercado Radar é uma solução de Big Data e Analytics que monitora mais de 40 milhões de produtos online. Aumentamos o poder de decisão dos varejistas com análise de mercado, recomendações e automação, para que vendam mais com base em dados.

Atualmente trabalhamos no nicho de marketplaces online, especificamente com Mercado Livre, que só em 2020 movimentou R$ 20 Bilhões, com cerca de 10 milhões de vendedores ativos. 

Em nosso produto os usuários têm acesso a ferramentas que possibilitam análises em tempo real de informações estratégicas para seu negócio, além de automatizar processos do dia a dia.

 

DESTAQUES CAPTABLE

Modelo de negócios:
A Mercado Radar tem um modelo de negócios com recorrência, long tail e focada em sua escala. Demonstram bom crescimento de suas receitas, esse avanço aproxima mais potenciais investidores de próximas rodadas e compradores (como, plataformas e marketplaces - setor com pujância e liquidez) principalmente, se analisado junto aos seus bons unit economics. 

Produto:
O produto resolve uma dor de mercado com uma persona muito bem delimitada, e que atualmente não possui muitas ferramentas que o atendam, principalmente, na tomada de decisão. Além disso, a startup está à frente de seus concorrentes em questão de funcionalidades, e possui inúmeros cases de sucesso dos seus clientes. 

Empreendedores:
Os sócios demonstraram uma excelente capacidade de execução e conhecimento em tecnologia e growth, consequência das suas experiências em startups referência no mercado como, Conta Azul, Totvs, Asaas e Bcredi. Além disso, os empreendedores da Mercado Radar possuem um maturidade/profissionalismo na gestão, evidenciado pelo momento da empresa, que mesmo sem muito investimento inicial já atingiu o break-even do negócio. 

Investidores:
O captable da empresa está saudável, pois há somente um investidor até o momento. Destaca-se o fato da Poatek ser um investidor estratégico para a Mercado Radar. A Poatek foi fundada em Porto Alegre em 2015, é uma boutique de engenharia de software que contrata profissionais altamente qualificados para construir soluções de software para seus clientes, e recentemente foi adquirida pela WillowTree.

 

SOBRE A MERCADO RADAR

 

1. PROBLEMA

Pesquisas indicam que 65% dos varejistas online quebram porque vendem mercadorias com baixa demanda ou baixa margem de lucro (Marketing Signals, 2019).

Descobrimos essa dor quando tentamos vender online. Por sermos especialistas na área de dados, quando começamos a vender, nos sentimos no escuro. Para resolver esse problema, começamos a captar informações de forma bem rudimentar, com Excel, planilhas e cálculos. 

O pequeno e médio varejista de e-commerce está diretamente envolvido na operação do seu negócio, e para fazer uma pesquisa de mercado recorre ao Google, planilhas e coleta de dados de forma manual. O Mercado Radar não entrega apenas a economia de tempo, mas também a base que dá início a estratégia de vendas do varejista com base em dados.

 

2. MODELO DO NEGÓCIO

Como funciona

Através do Mercado Radar, os varejistas podem identificar oportunidades e nichos competitivos com as recomendações de novos produtos e categorias de venda, acompanhar métricas de sazonalidade, concorrência e preço médio praticado por outros vendedores, automatizamos rotinas como, por exemplo, ajuste de preço com base no preço dos concorrentes.

Temos como base em nossa estratégia 3 grandes pontos de atuação:

Dados do cliente

A criação de conta no Mercado Radar é vinculada à conta do Mercado Livre do vendedor, nos dando acesso às principais informações da loja. Com isso, o vendedor começa a ser data-driven a partir dos dados do seu próprio negócio.

Dados de mercado

Além dos dados da loja de nossos clientes, monitoramos através de tecnologia proprietária mais de 40 milhões de produtos no Mercado Livre. Todos esses dados são tratados para disponibilizar informações precisas que servem de referência para o vendedor tomar decisões, gerar insights que auxiliam o varejista a vender mais e a se posicionar no mercado de forma competitiva.

Automação

Baseado nos dados do vendedor e nos dados do mercado, criamos regras de automação que permitem ao varejista estar sempre atualizado, como por exemplo, a precificação dinâmica, que consiste em ajustar os preços de venda dos produtos com base no preço dos concorrentes, ou ainda, aumentar o preço em produtos que tem uma alta taxa de conversão para aumentar a margem de lucro. Assim, geramos competitividade e aumento de margem para a loja sem precisar de interação do vendedor.

Em conjunto, os 3 pontos acima geram um ciclo de engajamento entre o usuário e o Mercado Radar, aumentando a eficiência no uso da solução e aumentando as vendas para os vendedores.

Como monetiza

O Mercado Radar possui 2 fontes de monetização:

  • Modelo SaaS (41% da receita atual): Software por Assinatura, com 3 planos diferentes.

  • Modelo SaaS + Account Manager (59% da receita atual): Software por Assinatura, com acompanhamento de um Account Manager.

 

3. MERCADO

Mercado Global de E-commerce

Estamos inseridos em um dos maiores mercados mundiais. O e-commerce foi um dos poucos setores no mundo que cresceu, mesmo com a pandemia de Covid-19.

Reprodução: Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento

A crise da pandemia de COVID forçou empresas de diversos portes a avaliarem seus modelos de negócios tradicionais para evitar o fechamento e se manterem no mercado. A digitalização dos negócios foi acelerada e fez surgir novas oportunidades de negócios na utilização de tecnologias ainda emergentes, como o e-commerce.

No gráfico abaixo, pode-se notar que há um grande crescimento nas vendas do e-commerce mundial em relação ao varejo geral entre 2019 e 2020. Segundo estimativas da Agência Internacional de Comércio dos Estados Unidos, espera-se um crescimento constante da penetração do e-commerce no varejo tradicional até 2024. Isso é um reflexo direto da mudança de comportamento que as tecnologias utilizadas durante a crise gerada pela COVID trouxeram para os negócios.

Reprodução: Agência Internacional de Comércio - EUA

Mercado Nacional de E-commerce (TAM)

Atualmente, o e-commerce no Brasil possui cerca de 1,6 milhões de sites. 

Considerado o 10º maior mercado de e-commerce do mundo, o Brasil possui uma característica particular: a competitividade. Enquanto na China e nos Estados Unidos há monopólio de empresas – no país asiático o Alibaba detém 56% do mercado e no norte-americano a Amazon possui quase 40% de participação - o Brasil apresenta marcas fortes e consolidadas que concorrem entre si.

Em 2020, o e-commerce brasileiro chegou a marca histórica de R$ 87 Bilhões em vendas, o que representa um crescimento de 41% em relação a 2019. Parte deste crescimento se deu com a entrada de novos consumidores nessa modalidade de varejo, que corresponde a 13 milhões dos 80 milhões de consumidores que compraram via e-commerce em 2020.

Reprodução: E-commerce Brasil

Segundo a 44ª edição da Webshoppers (Ebit/Nielsen), em 2021, o e-commerce no Brasil bateu recorde de vendas já no primeiro semestre do ano, atingindo R$ 53,4 bilhões, crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Mercado nacional de e-commerce via marketplace (SAM)

Ainda segundo o relatório Webshoppers, o e-commerce brasileiro é bastante concentrado nos marketplaces. De acordo com a pesquisa, os varejistas destas plataformas têm participação de 78% no faturamento total do mercado, dividido entre Mercado Livre (23%), B2W (22%), Magalu (13%), Via Varejo (9%) e outros e-commerces em geral (33%). 

O crescimento do setor com a pandemia é perceptível: R$ 73,2 bilhões do faturamento de 2020 são de lojas que vendem em marketplaces e cresceram 52% com relação ao ano de 2019. 

Como citado acima, o mercado de e-commerce como um todo cresceu 41% em 2020.

Reprodução: E-commerce Brasil

Fatia do mercado que conseguimos atender atualmente (SOM)

O mercado que temos capacidade de atender dentro do escopo de investimento atual com estruturação do time comercial e expansão de tecnologia é de aproximadamente 950 clientes para os próximos 24 meses. Considerando um ticket médio de R$ 600 por cliente, chegamos a uma receita anual de R$ 6,8 milhões.

Concorrência

Entendemos por concorrência todo e qualquer player que venha a ser uma alternativa às soluções que o Mercado Radar oferece.

Gestão

Bling, Ideris e Real Trends

São plataformas com foco em gestão, podendo ser consideradas ERPs ou Hubs de Integração para marketplaces. Focam nas necessidades operacionais do vendedor, como emissão de Nota Fiscal, controle de vendas, estoque e financeiro. Possuem pouca ou nenhuma visão analítica voltada para performance ou otimização da loja para aumento de vendas.

Diferenciais Mercado Radar

A proposta do Mercado Radar não é ser um ERP ou software de gestão.

Em termos gerenciais, a visão da Mercado Radar é entregar métricas de performance e gestão do negócio (Analytics) e oportunidades de melhoria para aumento de vendas.

Na contratação do Mercado Radar com Account Manager, temos por exemplo as oportunidades de melhoria: 

  • O produto X está com taxa de conversão abaixo da média de mercado;
  • O produto X está com preço acima da média de mercado.

Nossos concorrentes diretos não oferecem esse tipo de solução, pois têm somente a visão interna dos dados do cliente - sem benchmark com dados externos.

Análise de Mercado

Concorrentes: JungleScout e Nubimetrics
Soluções de análise de mercado para Amazon e Mercado Livre, respectivamente.

Apresentam relatórios complexos de análise de mercado para que ativamente o vendedor compreenda os dados apresentados. Não possuem nenhum nível de interação com a loja do vendedor. 

Diferenciais Mercado Radar

Acreditamos que “os dados são o novo petróleo” mas assim como o petróleo, dados sem refinamento não tem utilidade. Por isso, além de facilitar a compreensão dos relatórios apresentados de uma forma mais “user friendly” através de UX Design, temos como diferencial dos nossos concorrentes a figura de um Account Manager. Esse Account Manager é então responsável por realizar as análises de oportunidade de mercado e conectar “os pontos” com a empresa do cliente.

Na contratação Mercado Radar com Account Manager, essas informações são então “traduzidas” para o cliente, por exemplo:

“Os vinhos tiveram um crescimento das vendas nos meses de Outubro, Novembro e Dezembro (sazonalidade). Além disso, o preço médio do ano de 2021 para 2022 caiu R$ 180 para R$ 104”.

Automação

Concorrentes: Boardfy e Sellics
Plataformas estrangeiras com automação de rotinas focadas em publicidade (Amazon Ads) e precificação dinâmica, respectivamente.

Diferenciais Mercado Radar

Os concorrentes citados não atuam no Brasil. Sendo assim, não temos concorrentes diretos atualmente na frente de automação para marketplaces.

A Mercado Radar se posiciona estrategicamente na intersecção dos pilares de dados do vendedor e de mercado para poder gerar automação de forma inteligente. Entendemos que no Brasil não há concorrentes diretos que auxiliem o lojista a vender mais com base em dados, recomendações e automação. 

As empresas concorrentes no Brasil são focadas em operações, como emissão de notas fiscais, controle financeiro, controle de estoque, entre outros. Há concorrentes de outros países que atuam no mesmo nicho de marketplaces, entretanto, vemos esse movimento acontecendo em outros países com mais maturidade do e-commerce, e focados no marketplace da Amazon (líder de mercado, fora da América Latina).

 

4. A EMPRESA

História

Em 2019, um dos fundadores da Mercado Radar pensou em fazer uma renda extra, importando produtos para vender online. Meses depois, estava com diversos produtos encalhados em casa. Com um primeiro protótipo do que viria a se tornar o Mercado Radar, descobriu a razão do problema em seus anúncios. Os preços que apareciam nas suas pesquisas nos sites, não eram de fato os preços em que o consumidor comprava.

Nas suas análises, descobriu que as vendas aconteciam de fato a preços bem menores do que estava praticando. Mas se por um lado, se esses preços inflados apareciam nas pesquisas, significava que existiam inúmeros vendedores cometendo o mesmo erro. Foi aí que surgiu o insight: a oportunidade não estava em vender produtos, mas em um serviço de análise pelo qual milhares de vendedores pagariam para deixar de ficar no escuro dentro dos e-commerces. 

Ainda em 2019, foi construído um Produto Mínimo Viável (MVP, na sigla em inglês) que funcionava com um processo manual de análise de mercado, sem tecnologias sofisticadas. Com a intenção de validar a demanda do mercado, passamos a oferecer análises de mercado para varejistas. Os relatórios disponibilizados em PDF aos clientes continham informações como os nichos e produtos de maior  crescimento dentro do Mercado Livre e como os concorrentes estavam se comportando. 

Em 2020, a tecnologia de Big Data do Mercado Radar foi desenvolvida e os primeiros clientes da solução se tornaram realidade. De lá para cá, o time de fundadores passou a se dedicar exclusivamente ao negócio, deixando de lado seus empregos no ápice da maior pandemia do século para ajudar a profissionalizar os caminhos do e-commerce no Brasil com base em dados.

Linha do tempo

2019: 

  • Ideação, protótipo e primeiros testes da ferramenta.

2020:

  • Primeiros clientes;
  • Startup operando com recursos financeiros dos fundadores;
  • Time de fundadores 100% dedicado ao negócio;
  • Busca por investimento anjo.

2021:

  • Investimento Anjo feito pela Poatek Ventures;
  • Batemos a marca de 100 clientes ativos;
  • Primeiras contratações de colaboradores;
  • Breakeven do negócio;
  • 1º Lugar no Demo Day do programa de aceleração “Startup University” (49 educação).

2022:

  • Rodada de investimentos através da Captable;
  • Startup selecionada para exposição na Campus Party 2022.

Reportagem O GLOBO.COM

Tração e Resultados

De Janeiro/2021 até Fevereiro/2022 a receita recorrente da Mercado Radar cresceu mais de 400%. Com uma forte gestão do fluxo de caixa, asseguramos que as despesas estavam sempre contidas dentro do que dispúnhamos de capital para expansão, visando um crescimento sustentável do negócio. Com isso, em Novembro/2021, alcançamos o breakeven do negócio. 

Investidores

No início da validação, todo investimento realizado na Mercado Radar foi feito com recursos próprios dos fundadores. Em janeiro de 2021, recebemos um investimento anjo da Poatek Ventures que investe capital e expertise em tecnologia para startups em early stage.

Visão

“Dados são o novo petróleo”, diz CEO da Mastercard

Na Mercado Radar nós levamos essa frase a sério. Mas assim como o petróleo, os dados brutos não trazem resultados. Nossa visão é transformar os dados brutos em informações e ações que sejam tangíveis para os nossos clientes. Queremos empoderar os pequenos e médios varejistas com dados e informações, até então só acessíveis para grandes empresas. Com informações de mercado, o varejista deixa de se "guiar no escuro" para ter clareza em suas decisões, diminuindo seus riscos e crescendo seu negócio.

Equipe

Cesar Carriel

CTO

Desenvolvedor de Software formado pelo Instituto Federal do Mato Grosso do Sul. Trabalhou desenvolvendo soluções em empresas como a multinacional Adecoagro e a startup Leiloapp. Membro ativo da comunidade Python Brasil e Django Brasil.

Andrei Alves

Produto

Designer formado pela Universidade da Região de Joinville e Pós Graduado em Experiência do Usuário pela mesma universidade. Possui mais de 9 anos trabalhando como designer, atuando em empresas como Asaas, Totvs e Conta Azul.

Sandro Wiggers

CEO

Engenheiro de Produção e Sistemas formado pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Possui mais de 10 anos de carreira em empresas de tecnologia. Atuou como Analista de Dados, Data Scientist e Growth Manager nas startups Conta Azul, Asaas e Bcredi.

R$ 1.000 de investimento mínimo

As sociedades empresárias de pequeno porte e as ofertas apresentadas nesta plataforma estão automaticamente dispensadas de registro pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM. A CVM não analisa previamente as ofertas.

As ofertas realizadas não implicam por parte da CVM a garantia da veracidade das informações prestadas, de adequação à legislação vigente ou julgamento sobre a qualidade da sociedade empresária de pequeno porte. Antes de aceitar uma oferta leia com atenção as informações essenciais da oferta, em especial a seção de alertas sobre riscos.

Oportunidades que também podem te interessar

Selecionamos outras startups com alto potencial de retorno com base no seu segmento de interesse.

Popular
LovinWine

DNVB de vinhos premium em lata que podem ser desfrutados como e onde o cliente quiser. Conta com um board qualificado com integrantes ex-Safe Park, Sam's Club, Abril, XP, StartSe, Yuool, Warren e Heineken.

Categoria 1
Popular
Mercado Radar

Startup de modelo SaaS que faz os vendedores do Mercado Livre venderem mais - através de análise de mercado, recomendações e automação.

Categoria 1
Popular
Food to Save

foodtech ESG que transforma o desperdício de alimentos em oportunidades de negócio através da entrega via app de sacolas surpresa.

Categoria 1
Popular
Health ID

plataforma de saúde preventiva através de At Home Lab Tests que permite fazer diversos check-ups de saúde com poucas gotas de sangue.

Categoria 1
Popular
Play2Sell

salestech/edtech que aumenta a conversão de vendas das empresas através de treinamentos gamificados para o time comercial.


Categoria 1
Popular
Veriza

fintech que oferece microcrédito para grupos de microempreendedores de forma 100% digital.


Categoria 1
Digital Aligner

healthtech DNVB que promove acesso, com custo menor, a tratamentos dentários com alinhadores transparentes, inclusive via assinatura.

Categoria 1

Dúvidas frequentes

Para viabilizar o seu investimento, será utilizado um contrato de nota conversível em ações. Esse contrato é muito comum no mundo empresarial e amplamente reconhecido juridicamente.
O investimento em participação em empresas sempre envolve risco, seja nas iniciantes, nas escaláveis ou até mesmo nos grandes negócios que já estão na bolsa de valores. Por outro lado, podem ser muito rentáveis. Dessa maneira, é necessário mensurar corretamente o risco e entender de forma clara quais as variáveis que impactam o seu investimento. Seu investimento pode resultar em uma das cinco possibilidades a seguir: 1. A empresa da qual você é investidor é comprada por outra antes de completar 5 anos da data do seu investimento. Nesta situação, você receberá a sua parte, proporcional ao percentual investido. 2. Sua empresa recebe um novo aporte e você poderá ser diluído. Lembrando que isso é bastante comum no mundo das startups, e não deve ser considerado algo negativo, pois por mais que você seja diluído, o fato de receber um novo aporte provavelmente aumentará o valor da empresa e, consequentemente, sua participação. Nessa situação, é bastante provável (a serem preenchidos alguns pré-requisitos estabelecidos no material da oferta), que a empresa seja transformada em uma S/A, e sua nota será convertida em ações. Assim, você passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio. 3. Após o prazo de 5 anos obrigatoriamente a empresa se transforma em S/A. Sua nota será convertida em ações e você passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio. 4. Você opta por receber seu investimento corrigido por um percentual pré-definido do CDI (percentual informado no material da oferta). 5. Empresa quebra e seu investimento se perde. Investir em empresas escaláveis é arriscado, e esse cenário deve ser considerado. Entretanto, utilizamos de vários artifícios para mitigar a chance de isso ocorrer.
Como forma de aumentar as chances de que os negócios nos quais você vai investir sejam bem sucedidos, somente aceitamos empresas que já tenham superado o MVP (Minimum Viable Product ou Produto Mínimo Viável) ou seja, empresas que já modelaram e validaram o seu produto/serviço no mercado e atestaram a existência de demanda, já possuindo uma base clientes. Em outras palavras, são aceitas apenas empresas cujo produto ou serviço é comprovadamente desejado pelo mercado, e que necessitam de capital para investir nas novas etapas do desenvolvimento do negócio. Depois de superar esta primeira etapa, é fundamental que ela seja aprovada por um de nossos escritórios de contabilidade parceiros. Desta forma, garantimos que a contabilidade da empresa está correta e que os dados apresentados são verdadeiros. Além disso, ajudará a validar e garantir que a prestação de contas pós-captação seja sempre atualizada. A partir dessas etapas, poderemos medir o potencial do negócio, bem como trazer mais segurança para o investidor. Somente após superar esse processo de avaliação a empresa poderá participar da Captable e arrecadar recursos junto aos nossos usuários. Além disso, este processo gerará um laudo de avaliação sobre a contabilidade da empresa este estará disponível publicamente na página de captação.
Através da Captable, você tem acesso a empresas previamente selecionadas, com potencial de crescimento e valorização já testados pelos nossos parceiros. Você tem a possibilidade de obter alto retorno através do investimento em títulos conversíveis em participação das companhias. Na Captable, os valores mínimos de investimento são menores do que em outras modalidades de investimento em startups. Assim, não é necessário possuir alto patrimônio para obter uma participação. Além disso, você ganha a possibilidade de dividir o seu capital disponível para investimento entre várias empresas, fomentar diferentes negócios e mitigar o seu risco através da diversificação. Por fim, você acompanha indicadores de performance dos seus negócios em um dashboard único, o que facilita o monitoramento das suas empresas e a gestão do seu portfólio de participações.
É uma das possibilidades. Das 5 opções de resultado do seu investimento, em duas delas você se torna sócio de uma empresa S/A: Após o prazo de 5 anos obrigatoriamente a empresa se transforma em S/A. Você converterá a sua nota em ações e passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio. Sua empresa recebe um novo aporte e você poderá ser diluído. Lembrando que isso é bastante comum no mundo das startups, e não pode ser considerado algo negativo, pois por mais que você seja diluído, o fato de receber um novo aporte provavelmente estará aumentando o valor da empresa e, consequentemente, apreciando a sua participação. Nesta situação, é bastante provável (a serem preenchidos alguns pré-requisitos estabelecidos no material da oferta), que a empresa seja transformada em uma S/A, e você converterá sua nota em ações. Assim, você passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio.
Por motivos de segurança do investimento, a conta bancária responsável pela custódia dos valores durante o período de captação não é operada nem pela Captable e nem pela startup em captação, e sim por uma instituição de pagamentos, a qual atua como um agente independente neste processo. Por conta disso, as confirmações de recebimento dos valores estão sujeitas aos relatórios enviados pela instituição de pagamentos, o que ocorre periodicamente. Dessa forma, consideramos o prazo de 2 dias úteis para aprovar o seu depósito. Se a sua transferência ainda está dentro deste período, por favor aguarde.
Não. O risco do investimento limita-se ao capital investido. Num primeiro momento, você é um credor da startup, não tendo responsabilidade sobre eventuais dívidas da empresa. Você somente se tornará sócio da empresa quando esta virar uma S/A, fato que protege o investidor, já que o máximo que será requerido do investidor será o valor de sua participação na empresa (o mesmo que ocorre em investimentos na Bolsa de Valores).
Sim, todo o processo de investimento é on-line. São apenas 4 passos para concluir a sua reserva. Depois basta você realizar um DOC/TED pelo seu home banking do valor reservado. Após isso, esperar até dois dias úteis para que o seu depósito seja validado. Por último, depois de concluída a captação você receberá em seu e-mail a orientação para assinatura do contrato de investimento, que será online também. O contrato ficará disponível após assinatura no nosso painel do investidor que também é onde ocorre o acompanhamento da startup, com alguns indicadores que serão atualizados mensalmente e outros semestralmente.
Não, você não terá que se envolver. Você é apenas um investidor e receberá as informações do que está acontecendo via painel do investidor.
Caso a startup atinja ⅔ da meta, a captação já será considerada bem sucedida e, mesmo que a startup não atinja a íntegra da meta de captação, ao final da captação os títulos de investimento serão emitidos e o valor será repassado para a startup. Caso a captação chegue à sua data limite com menos de ⅔ captados, ela não será considerada bem-sucedida, e a Captable devolverá o dinheiro dos investidores que já tiverem feito os aportes. Neste caso, o prazo para devolução dos recursos é de 7 dias úteis após o término da captação.