iFriend - Follow On

A iFriend é uma traveltech que opera um marketplace de experiências turísticas. Seu produto principal é a oferta de experiências turísticas através de guias locais em todo o mundo. Essa é a segunda rodada de captação da iFriend e, desde a primeira, cresceu de forma significativa: nos 3 primeiros meses de 2023 já fez metade do faturamento de 2022 inteiro; atraiu a BeFly – maior ecossistema de turismo da América Latina – como futura sócia e parceira comercial; e, nessa rodada, garantiu investimento da Wintech Ventures, fundo de investimento internacional. Além de vender direto para consumidores, atraiu parceiros gigantes, como: Localiza, Latam Pass, Claro e Tengroup (concierge da Visa e Mastercard). A traveltech atua em 132 países em mais de 2.600 cidades, contando com mais de 6 mil guias cadastrados – a iFriend também foi considerada uma das 100 startups de turismo mais promissoras do mundo. Com o co-investimento da Wintech Ventures e a parceria com a BeFly, projeta chegar a R$ 73 milhões transacionados em três anos.

Projeto atualizado em: 21/07/2023 14:22
Travel Tech
Resumo

Resumo da empresa

A rodada follow-on da iFriend na Captable conta com o coinvestimento da Wintech Ventures, fundo internacional de investimento. Desde a primeira rodada, a iFriend conquistou parceria e futura sociedade com a BeFly – maior ecossistema de turismo da América Latina. A tecnologia da iFriend está por trás da parceria entre BeFly e The Town (festival dos mesmos criadores do Rock In Rio) para venda de pacotes turísticos com ingresso.

Confira a evolução da startup desde a última rodada:

 

A iFriend opera um marketplace de experiências turísticas e tem como produto principal a oferta de experiências turísticas e tours privativos através de guias locais – em diversos países do mundo. Diferente da contratação em uma agência física ou da busca de momento no local, é possível ver fotos, descrições, idiomas falados e avaliações de cada guia antes mesmo de chegar no destino.

O serviço caiu no gosto dos viajantes por diversos motivos, seja por ter uma companhia para aqueles que viajam sozinhos (38% deles), segurança em destinos exóticos, dificuldade com o idioma local ou inglês, otimização de tempo na elaboração do itinerário e a vontade dos turistas de fugir do turismo tradicional, buscando experiências mais autênticas – que só podem ser proporcionadas por um guia local.

O mercado de turismo, em que a traveltech está inserida, representa 10,4% do PIB global (US$ 8,8 trilhões). É também o maior empregador do mundo e um dos setores mais resilientes da economia. Cresceu de forma consistente nos últimos 70 anos, com quedas em apenas 3 anos: 2002, com o 11 de setembro; 2009 na crise financeira; e 2020, com a pandemia.

Após os momentos de retração, o turismo sempre sofreu rápida recuperação e, com a demanda reprimida, costuma ver saltos em crescimento logo depois de uma queda do mercado.

Com a meta de se tornar um grande player do turismo de experiências na América Latina, o iFriend busca alcançar um lugar de destaque que já foi conquistado por outros players em outras regiões e que já viraram unicórnios, tais como: Klook (Ásia), Viator (América do Norte) e GetYourGuide (Europa). 

A startup já faturou, apenas nos três primeiros meses de 2023, metade do faturamento de 2022 inteiro – e projeta chegar a R$ 73 milhões de GMV em três anos.

 

Por que investir na iFriend?

  • Equipe dedicada com boa formação e larga experiência profissional, capacidade de execução e complementaridade;
  • Os sócios fundadores também são investidores da companhia;
  • Plataforma validada, ótima usabilidade, escalável e com APIs para integração;
  • Setor de Tours & Atividades é o que mais cresce na indústria do turismo, com crescimento histórico de 9% ao ano;
  • Mercado em consolidação, baixa concorrência e pouco digitalizado;
  • Negócio global, já tendo atendido clientes em quase 100 países do mundo;
  • Startup premiada como uma das 10 mais inovadoras do país (UNWTO e MTur);
  • Sócio de Álvaro Garnero, maior influenciador do turismo nas redes sociais com 5 milhões de seguidores e Embaixador do Turismo do Brasil;
  • Sócio do Grupo BeFly, maior ecossistema de turismo do Brasil que atende 7 milhões de passageiros por ano;
  • Empresa já faturando com parceria com centenas de agências de viagem e operadoras de turismo.

 

Destaques Captable

Tração

Mesmo com todos os desafios apresentados pela pandemia no mercado do turismo nos últimos anos, a iFriend cresceu o seu GMV trimestral em 4x desde a sua primeira captação com a Captable em 2021 - com um crescimento projetado de 6x do seu GMV anual para 2023. Além disso, a receita da startup no primeiro trimestre de 2023 cresceu 4.5x em relação ao primeiro trimestre de 2022 - com o ticket médio aumentando em 88% na comparação entre os dois períodos.

Grandes Parcerias

A BeFly, maior ecossistema de negócios focados em viagens da América Latina, se tornou uma importante parceira da iFriend para geração de vendas. O setor de Tour e Atividades é um dos que mais cresce na indústria do turismo e a parceria com a BeFly impulsiona o posicionamento da startup como plataforma líder do setor na América Latina. Com a entrada da BeFly como sócia da iFriend, a expectativa é que R$ 73MM em vendas adicionais sejam oriundos dessa parceria nos próximos 3 anos. Além da BeFly, a iFriend também fechou importantes contratos com outros grandes players do turismo, entre eles Latam Pass, Smiles, Localiza e TEN Group (concierge dos cartões Visa e Mastercard).

Produto & Crescimento

Desde 2021, a iFriend também teve uma evolução considerável no volume de oferta de seus produtos, demonstrando validação da sua proposta de valor: 1) o número de Guias Locais cresceu de 4.792 para 6.092 (27% de aumento); 2) o número de experiências cresceu de 556 para 2.710 (387% de aumento); 3) foram lançados novos produtos, como a Consultoria de Viagem (iFriend Planner) – já com mais de 1.000 clientes atendidos –,  o serviço de Transfer (iFriend Driver), com 274 vendas realizadas, representando uma receita de quase R$350.000 ainda em fase de MVP; 4) e o número de agências parceiras cadastradas na iFriend cresceu de 286 para 2.064 (aumento de 622%).

Pitch completo da empresa

1. PROBLEMA

Dificuldade com o idioma local.

Milhões de viajantes não saem dos seus países por insegurança e medo de se comunicar em idioma estrangeiro, através do serviço do iFriend ele poderá contratar um guia local que fala o seu idioma em qualquer país do mundo.

Insegurança

Viajar por destinos exóticos é o sonho de milhares de viajantes, mas o desconhecimento com os costumes locais impedem que muitos não realizem esse sonho, através do serviço do iFriend o viajante terá maior segurança ao visitar essas localidades através da companhia de um guia local.

Otimização de tempo

O desconhecimento de um destino faz o viajante perder tempo, gastar mais  dinheiro e cair em ciladas. O serviço do iFriend auxilia o viajante no planejamento de roteiro e oferece diversas dicas de viagem, otimizando tempo e recursos, possibilitando aproveitar o que há de melhor em cada destino.  

Falta de companhia

38% dos turistas viajam sozinhos. Através do serviço do iFriend tais viajantes poderão encontrar um guia local para lhes mostrar os lugares únicos e escondidos que só os locais conhecem. 

Fugir do turismo tradicional

Segundo o estudo "O Turista do Futuro" elaborado pela Amadeus, um dos principais perfis de viajantes é conhecido como "purista cultural", ou seja, àquele viajante que busca experiências autênticas em sua viagem através da interação com a comunidade local, o que vai de encontro ao serviço oferecido pelo iFriend. 

Dificuldade do viajante para contratar tours e atividades em sua viagem

75% dos tours, tickets e ingressos são comercializados de forma off-line. Seja através de longas filas para comprar a entrada num museu ou através da abordagem de vendedores de tours nos destinos turísticos. Através da plataforma do iFriend o cliente poderá comprar todos os atrativos que planeja realizar em sua viagem pela internet, gerando conforto, economia e otimização de tempo da viagem. 

 

2. MODELO DO NEGÓCIO

 

A plataforma possui margem bruta de até 40% sob cada reserva realizada no canal B2C, sendo que a média está em 35%.  No canal B2B2C, nossa margem bruta reduz para 20% a 25%, em virtude de pagarmos entre 10% a 15% de comissão aos afiliados, que em geral são: agentes de viagem, operadoras de turismo, hotéis e influenciadores. Conforme imagem abaixo:

Nosso ticket médio (Ano: 2022/2023) está em R$1.037 por tour e R$1.557 por cliente, uma vez que a maior parte dos turistas contratam mais de um passeio na mesma viagem. O guia local e o receptivo turístico que estabelecem o valor do seu serviço, utilizando como base o valor da sua hora de trabalho, sendo um mínimo US$8 e o máximo US$99 por hora, variando em virtude do tipo de serviço oferecido pelo profissional, sua experiência e formação. 

O tempo dos tours possuem um mínimo de 4 horas e o máximo 10 horas por dia. Na maior parte dos tours crianças entre 2 a 12 anos não pagam e a partir do sexto acompanhante adulto há um acréscimo de 10% no valor da hora do prestador. O cliente efetua o pagamento via cartão de crédito, pix ou transferência bancária, podendo ser à vista ou parcelado em até 3x sem juros.  

 

3. MERCADO

Tamanho do mercado

Mercado Global de Turismo (TAM: Total Available Market)

O mercado de turismo é uma das maiores indústrias do mundo. Representa 10% do PIB global, emprega 1 a cada 10 pessoas no mundo, é responsável por 7% das exportações globais e movimenta um volume de USD 8,8 trilhões.  

Mercado Latino Americano (SAM: Serviceable Adressable Market)

O setor de Tours & Atividades é a área do turismo que mais cresce, em torno de 9% ao ano. Estima-se que 10% dos gastos dos viajantes sejam utilizados para esse fim, em alguns países tal como o Reino Unido, chega alcançar 16%. Paralelo a isso, é o setor no turismo menos consolidado, pois está passando por um processo de digitalização, uma vez que  somente 25% dos tours e atividades são vendidos online. O setor movimenta mundialmente US$250 bilhões e a América Latina representa 9% desse mercado, em torno de US$22,5 bilhões. Atualmente, não há nenhum player relevante latino americano, tornando essa região uma grande oportunidade para a plataforma iFriend. 

Mercado brasileiro (SOM: Share of Market)

O iFriend é uma startup brasileira que pensa global desde o nascimento. Possui empresa, conta bancária e marca registrada no exterior (EUA e União Européia), o site está traduzido em 3 idiomas (inglês, português e espanhol) e a precificação do serviço é em dólar. Devido ao tamanho do mercado brasileiro, a startup possui objetivo de consolidar sua marca no mercado local para em seguida iniciar o processo de internacionalização. Das 30 mil agências existentes no mercado brasileiro, a startup possui 1.800 afiliados e com a entrada da BeFly como seu sócio, planeja alcançar 5.300 agências cadastradas na BeFly nos próximos 24 meses. 

Concorrentes

Seus principais concorrentes são estrangeiros: Viator (EUA), GetYourGuide (Alemanha), Klook (Hong Kong), Civitatis (Espanha), Musement (Itália), TourbyLocals (Canadá) e WithLocals (Holanda). As três primeiras já se tornaram "unicórnios", e duas delas (Viator e Musement) foram adquiridas por grandes grupos de turismo (TripAdvisor e Tui). Este é um mercado em processo de consolidação com poucos players atuando globalmente, principalmente no mercado brasileiro e latino americano, daí a grande a oportunidade que a plataforma iFriend possui de se tornar líder na região.

Benchmark 

O bem sucedido modelo de negócios do Airbnb, Uber e GetYourGuide têm sido excelentes benchmark. Segue abaixo os pontos comuns no modelo de negócios:

  • Cadastro gratuito dos parceiros, chamados iFriends em nossa plataforma;
  • Cadastramento de receptivos turísticos pessoa física e jurídica;
  • Sistema de busca feita por cidades e países;
  • Plataforma de gestão de reservas para prestadores de serviço turísticos;
  • Reserva e contratação online com pagamento via cartão de crédito;
  • Remuneração sob cada reserva efetuada na plataforma;
  • Contato liberado com o prestador após a confirmação da reserva;
  • Curadoria, validação e treinamento dos parceiros, guias e receptivos turísticos;
  • Sistema de reviews após o tour;
  • Modelo de negócios online. 

 

4. A EMPRESA

História

A ideia do iFriend nasceu em 2015 durante um curso de MBA na Coppead UFRJ, reconhecida 13 vezes pela Financial Times como uma das melhores escolas de negócios do país (https://www.coppead.ufrj.br/mba-executivo/). Ao término do curso, os alunos Leonardo Brito (CEO) e Diogo Leão (CIO) tomaram a decisão de deixar suas carreiras na iniciativa privada para atuar como empreendedores e transformarem o projeto de MBA iFriend numa realidade. Em 2016, juntou-se a eles o sócio Bruno Leão (CFO),  em 2017 o sócio Glauber Portella (CTO),  em 2020 o sócio Diego Lacerda (COO). 

Linha do Tempo

  • 2015 - Nasce a ideia do iFriend durante o curso de MBA da Coppead UFRJ;
  • 2016 - Inicia-se o desenvolvimento da plataforma e registros de marca no exterior;
  • 2017 - É lançado o MVP e fechamento do 1° tour na cidade de Paris;
  • 2018 - Abertura da empresa e finalização da fase de testes;
  • 2019 - Inicia a operação full time com a entrada de 2 investidores anjo;
  • Fev/20 - Recebimento do segundo aporte com a entrada de 5 sócios estratégicos;
  • Set/20 - Fomos eleitos uma das 10 startups mais inovadoras do Brasil pela MTur;
  • Out/20 - O apresentador de TV Álvaro Garnero torna-se sócio da companhia;
  • Nov/20 - Lançamento do serviço de Tour Virtual e Experiências;
  • Dez/20 - Atingimento da marca de 1.000 agências de viagem afiliadas a plataforma;
  • Abr/21 - Foi realizado através da plataforma Captable uma captação de investimento record em apenas 57 horas no valor de R$2 milhões;
  • Set/21 - Criação do Portal de Comunidade e iFriend Academy, programa de treinamento e engajamento dos guias locais;
  • Jan/22 - Lançamento do Microsoft Power BI (Business Inteligence);
  • Abr/22 - Participação do Programa de Internacionalização StartOut; 
  • Ago/22 - Abertura da empresa em Portugal;
  • Out/22 - Anúncio da entrada da BeFly como sócio do iFriend;
  • Jan/23 - Entrada do fundo de venture capital Wintech Ventures.

Resultados 

2018 - Abrimos a empresa em Outubro de 2018 e fizemos vários testes onde foram validados os KPIs (indicadores) e aprovados pelos primeiros investidores, culminando no primeiro aporte no valor de R$780 mil. 

2019 - Em Abril deste ano foi dado o "startse" na operação full time obtendo um crescimento médio de 30% ao mês, superando 400% de crescimento no primeiro ano de operação nos principais indicadores (vendas, base de clientes, número de guias e novos países atendidos).

2020 - Em virtude dos impactos da pandemia, os esforços foram direcionados nas melhorias tecnológicas, com uma modernização total do site. Foi lançado neste ano 2 serviços novos (Tour Virtual & Experiências), a base de afiliados aumentou (agências e operadoras de turismo) de 156 para mais de 1.000 agências, fomos eleitos uma das 10 startups mais inovadoras do turismo pela OMT e MTur brasileiro, foram convidados para o programa de aceleração do Wakalua (maior aceleradora de turismo do mundo) e tiveram a entrada do Embaixador do Turismo brasileiro Álvaro Garnero como sócio da companhia (https://youtu.be/zS50EMN3Uls). 

2021 - realizamos esse ano uma bem sucedida captação em menos de 3 dias no valor de R$2 milhões através da plataforma Captable. Como a maior parte dos destinos ainda permaneciam fechados no primeiro semestre, o foco foi o cadastro de experiências turísticas, alcançando mais de 1.000 novos serviços. Com a reabertura das fronteiras no segundo semestre foi retomado as vendas internacionais com resultados crescentes a partir de então. 

2022 - os resultados de vendas e receitas do ano foram 3 vezes superior ao ano anterior a pandemia (2019). No segundo semestre, o Grupo BeFly, maior ecossistema de turismo brasileiro tornou-se sócio da companhia.

Equipe

Possuímos um time diversificado com 32 colaboradores nas principais posições, 5 deles sócios da companhia. 60% são mulheres, sendo 3 delas como líderes de departamento. 

 

Estratégia de crescimento

A jornada do iFriend deu início no B2C, pois precisavam ganhar experiência atendendo viajantes em diferentes cidades no mundo, esta ação inicial credibiliza a companhia a prospectar as agências de viagem e operadoras de turismo, expandindo assim a atuação para o B2B2C, uma vez que a recorrência é maior e os KPIs de venda neste canal se mostraram  bastante atrativos. 

Através de um portal de reservas corporativo, mais de 1.800 agências de viagem possuem acesso exclusivo ao site possibilitando efetuar reservas para quaisquer destinos no mundo. 

Além disso, como parceiros estratégicos, os mesmos possuem serviços diferenciados, como páginas white label, atendimento de um Executivo de Contas e possibilidade de integração via API.

Os principais parceiros são:

  • Integração Trade: comunidade de agentes de viagem com 4.000 membros no Brasil;
  • Max Milhas: agência online líder na venda de passagens aéreas via milhas do país;
  • Tursites: empresa de 16 anos de mercado que constrói sites white label para 1.300 agências no Brasil;
  • Smiles: programa de fidelidade aéreo líder no mercado brasileiro;
  • Elo Cartões: terceira maior operadora de cartões de crédito do mercado brasileiro;
  • Ten Group: grupo especializado em serviços de concierce que atende Visa e Mastercard;
  • BeFly: maior ecossistema de turismo brasileiro;
  • Latam Pass: programa de fidelidade da maior empresa aérea da América Latina. 

Com essas parcerias estratégicas, a base atual de 1.800 agências afiliadas possui potencial de crescer para  4.000 agências no ano de 2023, representando 13% das agências de viagem no Brasil. 

Visão

Queremos ser a maior plataforma de conexão de turistas a receptivos locais, intermediando de forma rápida e fácil a contratação destes serviços em todas as cidades do mundo.

Missão

Proporcionar uma forma inovadora de turismo, que possibilite uma interação pessoal entre turistas e receptivos locais, objetivando uma troca cultural, econômica e social.

Valores

Valorizamos a diversidade, o respeito ao próximo, a ética empresarial, o trabalho em equipe e a cultura inovadora.

Equipe

Leonardo Brito

CEO (Comercial e RH)

Executivo com 24 anos de experiência em projetos de expansão comercial, tendo trabalhado na Prudential, HSBC, MetLife e DM10 Seguros (startup adquirida pelo grupo XP Inc). Graduado em Marketing pela Universidade da Cidade do RJ, MBA Executivo pela Coppead UFRJ e extensão pela IE Business School em Madri.

Glauber Portella

CTO (Tecnologia e Desenvolvimento)

Possui 18 anos de experiência em desenvolvimento tecnológico e ex-sócio da MacWeb Solutions, empresa belo-horizontina especializada na construção de sites e aplicativos para empresas de pequeno, médio e grande porte. Especialização em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade Estácio de Sá, Graduado em Matemática pela UFMG.

Diogo Leão

CIO (Marketing Digital e Projetos)

Executivo com 17 anos de experiência na área de Tecnologia de Informação, com atuação em companhias como: B2W, Azul Seguros e Lan Designers. Em 2011 fundou a agência de marketing CL Digital, na qual foi sócio até meados de 2019. Formado em Gestão de Processos pela Universidade Estácio de Sá e MBA Executivo pela Coppead UFRJ, possui extensão acadêmica pela IE Business School, em Madri, Espanha.

Bruno Carneiro

CFO (Financeiro e Governança)

Profissional com 14 anos de experiência em Gestão de Negócios de energia na área internacional da Eletrobras. Em 2011 atuou como sócio fundador e CFO da agência de marketing CL Digital, na qual foi sócio até meados de 2019. Formado em Engenheira Elétrica pelo CEFET, MBA em Finanças pela Coppead UFRJ e Mestrando em Planejamento Energético pela Coppe UFRJ.

Diego Lacerda

COO (Operações e Atendimento ao Cliente)

Executivo com 15 anos de experiência na área de tecnologia, dos quais 12 anos no segmento digital de e-commerce como Head de Infraestrutura na B2W Digital, responsável por tecnologia, inovação, projetos de expansão e planejamento financeiro. Possui MBA Executivo em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV, com extensão internacional em Gestão de Negócios pela Universidade da Califórnia - Irvine.

R$ 1.000 de investimento mínimo

As sociedades empresárias de pequeno porte e as ofertas apresentadas nesta plataforma estão automaticamente dispensadas de registro pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM. A CVM não analisa previamente as ofertas.

As ofertas realizadas não implicam por parte da CVM a garantia da veracidade das informações prestadas, de adequação à legislação vigente ou julgamento sobre a qualidade da sociedade empresária de pequeno porte. Antes de aceitar uma oferta leia com atenção as informações essenciais da oferta, em especial a seção de alertas sobre riscos.

Oportunidades que também podem te interessar

Selecionamos outras startups com alto potencial de retorno com base no seu segmento de interesse.

Cowmed

"Já pensou como seria a produção de leite se as vacas falassem? A Cowmed é uma empresa especializada em dar voz às vacas: desenvolveu uma coleira capaz de monitorar em tempo real tudo que elas fazem ao longo..."

Datasales

"A Datasales é uma plataforma SaaS de automação de marketing end-to-end para supermercados, açougues, hortifrutis, farmácias e outros negócios de recorrência."

Retailtech
Zenit

"O Zenit é um app de práticas de saúde integral e mudança de hábitos. A healthtech já ultrapassou os 40 mil assinantes ativos na modalidade de venda direta ao consumidor (B2C) e começa a tracionar o modelo d..."

Healthtech
Ciclo Orgânico

"Maior serviço de coleta de resíduos orgânicos para compostagem por assinatura do Brasil."

Cleantech
Eirene Solutions

"Reduz e controla o uso de agroquímicos dos sistemas de pulverização através do SaveFarm."

Auster

"A Auster é uma agritech especializada em recomendação de fertilizantes nitrogenados, que hoje correspondem a mais da metade de todo o fertilizante produzido no mundo."

Sensix

"A Sensix reduz em até 70% os custos com químicos e fertilizantes e aumenta em 20% a produtividade das lavouras, integrando dados de drones, satélites, amostras de solo, chuva, produtividade e maquinários e ..."

Recicla.Club

"A Recicla.Club é a primeira startup de gestão de resíduos por assinatura do Brasil. Com a solução, empresas podem terceirizar todas as atividades relacionadas a resíduos assinando um único plano. Atende gra..."

Cleantech
InovaPictor

"Automatiza o registro de marcas e patentes de forma acessível e simplificada."

Legaltech
Simple&Co

"Foodtech que aproveita a capacidade já instalada de restaurantes para construir a maior plataforma de marcas virtuais de alimentação da América Latina."

Leigado

"Agtech que desenvolveu um sistema completo de gestão da propriedade para redução de custos e aumento da produtividade da cadeia leiteira."

Capital Empreendedor

"Marketplace de crédito empresarial que nasceu para democratizar o empréstimo para o micro, pequeno e médio empresário."

Serall

"Startup que desenvolveu tecnologia proprietária baseada em nanomateriais para desenvolver polímeros para atender as demandas das indústrias 4.0."

Indústria 4.0
Digital Aligner

"Healthtech DNVB que promove acesso, com custo menor, a tratamentos dentários com alinhadores transparentes, inclusive via assinatura."

Healthtech
Mercado Radar

"Startup de modelo SaaS que faz os vendedores do Mercado Livre venderem mais"

Retailtech
Health ID

"Plataforma de saúde preventiva através de At Home Lab Tests que permite fazer diversos check-ups de saúde com poucas gotas de sangue."

Healthtech
Quadrado Express

"Retailtech que oferece implantação e tecnologia de micromarkets para condomínios."

Retailtech
Hiperdados

"Proptech/construtec SaaS que aumenta a rentabilidade e eficiência de empresas de incorporação imobiliária e construção civil."

Veriza

"Fintech que oferece microcrédito para grupos de microempreendedores de forma 100% digital."

IFriend

"Traveltech que oferece experiências turísticas conectando viajantes e guias turísticos do mundo inteiro."

Travel Tech
Pomartec

"SaaS para fruticultura de precisão, simplificando a gestão de pomares, reduzindo perdas e aumentando a sua produtividade."

Dúvidas frequentes

Para viabilizar o seu investimento, será utilizado um contrato de nota conversível em ações. Esse contrato é muito comum no mundo empresarial e amplamente reconhecido juridicamente.
O investimento em participação em empresas sempre envolve risco, seja nas iniciantes, nas escaláveis ou até mesmo nos grandes negócios que já estão na bolsa de valores. Por outro lado, podem ser muito rentáveis. Dessa maneira, é necessário mensurar corretamente o risco e entender de forma clara quais as variáveis que impactam o seu investimento. Seu investimento pode resultar em uma das seis possibilidades a seguir: 1. Você decide vender sua participação no Captable Marketplace. 2. A empresa da qual você é investidor é comprada por outra antes de completar 5 anos da data do seu investimento. Nesta situação, você receberá a sua parte, proporcional ao percentual investido. 3. Sua empresa recebe um novo aporte e você poderá ser diluído. Lembrando que isso é bastante comum no mundo das startups, e não deve ser considerado algo negativo, pois por mais que você seja diluído, o fato de receber um novo aporte provavelmente aumentará o valor da empresa e, consequentemente, sua participação. Nessa situação, é bastante provável (a serem preenchidos alguns pré-requisitos estabelecidos no material da oferta), que a empresa seja transformada em uma S/A, e sua nota será convertida em ações. Assim, você passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio. 4. Após o prazo de 5 anos obrigatoriamente a empresa se transforma em S/A. Sua nota será convertida em ações e você passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio. 5. Você opta por receber seu investimento corrigido por um percentual pré-definido do CDI (percentual informado no material da oferta). 6. Empresa quebra e seu investimento se perde. Investir em empresas escaláveis é arriscado, e esse cenário deve ser considerado. Entretanto, utilizamos de vários artifícios para mitigar a chance de isso ocorrer.
Como forma de aumentar as chances de que os negócios nos quais você vai investir sejam bem sucedidos, somente aceitamos empresas que já tenham superado o MVP (Minimum Viable Product ou Produto Mínimo Viável) ou seja, empresas que já modelaram e validaram o seu produto/serviço no mercado e atestaram a existência de demanda, já possuindo uma base clientes. Em outras palavras, são aceitas apenas empresas cujo produto ou serviço é comprovadamente desejado pelo mercado, e que necessitam de capital para investir nas novas etapas do desenvolvimento do negócio. Depois de superar esta primeira etapa, é fundamental que ela seja aprovada por um de nossos escritórios de contabilidade parceiros. Desta forma, garantimos que a contabilidade da empresa está correta e que os dados apresentados são verdadeiros. Além disso, ajudará a validar e garantir que a prestação de contas pós-captação seja sempre atualizada. A partir dessas etapas, poderemos medir o potencial do negócio, bem como trazer mais segurança para o investidor. Somente após superar esse processo de avaliação a empresa poderá participar da Captable e arrecadar recursos junto aos nossos usuários. Além disso, este processo gerará um laudo de avaliação sobre a contabilidade da empresa este estará disponível publicamente na página de captação.
Através da Captable, você tem acesso a empresas previamente selecionadas, com potencial de crescimento e valorização já testados pelos nossos parceiros. Você tem a possibilidade de obter alto retorno através do investimento em títulos conversíveis em participação das companhias. Na Captable, os valores mínimos de investimento são menores do que em outras modalidades de investimento em startups. Assim, não é necessário possuir alto patrimônio para obter uma participação. Além disso, você ganha a possibilidade de dividir o seu capital disponível para investimento entre várias empresas, fomentar diferentes negócios e mitigar o seu risco através da diversificação. Por fim, você acompanha indicadores de performance dos seus negócios em um dashboard único, o que facilita o monitoramento das suas empresas e a gestão do seu portfólio de participações.
É uma das possibilidades. Das 5 opções de resultado do seu investimento, em duas delas você se torna sócio de uma empresa S/A: Após o prazo de 5 anos obrigatoriamente a empresa se transforma em S/A. Você converterá a sua nota em ações e passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio. Sua empresa recebe um novo aporte e você poderá ser diluído. Lembrando que isso é bastante comum no mundo das startups, e não pode ser considerado algo negativo, pois por mais que você seja diluído, o fato de receber um novo aporte provavelmente estará aumentando o valor da empresa e, consequentemente, apreciando a sua participação. Nesta situação, é bastante provável (a serem preenchidos alguns pré-requisitos estabelecidos no material da oferta), que a empresa seja transformada em uma S/A, e você converterá sua nota em ações. Assim, você passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio.
Por motivos de segurança do investimento, a conta bancária responsável pela custódia dos valores durante o período de captação não é operada nem pela Captable e nem pela startup em captação, e sim por uma instituição de pagamentos, a qual atua como um agente independente neste processo. Por conta disso, as confirmações de recebimento dos valores estão sujeitas aos relatórios enviados pela instituição de pagamentos, o que ocorre periodicamente. Dessa forma, consideramos o prazo de 2 dias úteis para aprovar o seu depósito. Se a sua transferência ainda está dentro deste período, por favor aguarde.
Não. O risco do investimento limita-se ao capital investido. Num primeiro momento, você é um credor da startup, não tendo responsabilidade sobre eventuais dívidas da empresa. Você somente se tornará sócio da empresa quando esta virar uma S/A, fato que protege o investidor, já que o máximo que será requerido do investidor será o valor de sua participação na empresa (o mesmo que ocorre em investimentos na Bolsa de Valores).
Sim, todo o processo de investimento é on-line. São apenas 4 passos para concluir a sua reserva. Depois, basta você realizar um PIX/TED/DOC de uma conta de sua titularidade, no valor reservado. Após isso, esperar até dois dias úteis para que o seu depósito seja validado. Por último, depois de concluída a captação você receberá em seu e-mail a orientação para assinatura do contrato de investimento, que será online também. O contrato ficará disponível após assinatura no nosso painel do investidor que também é onde ocorre o acompanhamento da startup, com alguns indicadores que serão atualizados mensalmente e outros semestralmente.
Não, você não terá que se envolver. Você é apenas um investidor e receberá as informações do que está acontecendo via painel do investidor.
Caso a startup atinja ⅔ da meta, a captação já será considerada bem sucedida e, mesmo que a startup não atinja a íntegra da meta de captação, ao final da captação os títulos de investimento serão emitidos e o valor será repassado para a startup. Caso a captação chegue à sua data limite com menos de ⅔ captados, ela não será considerada bem-sucedida, e a Captable devolverá o dinheiro dos investidores que já tiverem feito os aportes. Neste caso, o prazo para devolução dos recursos é de 5 dias após o término da captação.